18 de set de 2013

Nada, pode dar certo.

Somos infinitos. Talvez estejamos sempre pensando no tipo de pessoa perfeita que podemos ser para a sociedade nos aceitar. Mas eu diria que não precisamos disso, acho que se fôssemos apenas o suficiente para nós mesmos já estaria tudo bem. Hoje eu vejo que o futuro não depende só do passado, nós tivemos todo aquele tempo para o fazê-lo, porque se angustiar agora?
Nós com todas as nossas limitações de seres humanos temos o maior poder de todos dentro da gente. Já pensou em o quão grande somos e o mundo sempre insiste em dizer que não? É bom saber que há ainda muitas coisas que nos mostram o contrário, só que nem sempre enxergamos porque o mundo martela na mesma tecla demais que somos pequenos, frágeis, e não podemos. Por algum motivo quero deixar isso escrito aqui.
Se alguma coisa não se encaixar e você não entender, não se preocupe, eu estou falando comigo mesmo, e talvez só eu mesmo entenda o que escrevo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário