11 de abr de 2012

Borboletas no jardim do Éden

Aperto play e meu sonho vem a tona. Eu queria alguém apaixonante do meu jeito, alguém que pudesse me completar como eu sou. Queria pular de um penhasco com você se o mundo tentasse nos destruir.  Ao menos morreria sabendo que você estava comigo até o fim. Não me importo com o seu nome ou com o seu histórico, eu só quero que você me queira e somente isso baste. Se aqui nunca houver o tempo em que o amor estará nos lugares antes mais obscuros, então quero viver na ilusão de que esse mundo é perfeito, e ninguém é mal como aparece nos noticiários. Eu quero te amar ao máximo. Eu não te amo mais com meu psicológico, te amo com minha alma e sempre estarei com você, porque agora você e eu somos um só, e nós juntos somos como borboletas no jardim do Éden.

Um comentário: