21 de out de 2012

Parem de me dizer o que fazer!

As pessoas não são o que são. Eu não sou como sou, dentro de mim existe um mundo bem diferente desse.
Passamos nossa vida toda tendo que nos moldar para que o mundo nos aceite do jeito que ele quer, e eu não queria que fosse assim. Por fora eu sorrio, brinco e digo como o dia foi bom, mas por dentro eu estou chorando e nem sei mais o que fazer.
Sei que se não fôssemos racionais e não tentássemos sempre seguir um padrão de perfeição de vida, talvez estivéssemos jogando tudo para fora, como um rio que deságua num buraco sem fim.
As vezes dá vontade de mandar tudo isso que nos faz andar numa linha milimétricamente construída a merda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário