2 de fev de 2013

Amores

Hoje estou feliz, mas parte de mim está incompleta. Tantas pessoas especiais já se passaram na minha vida em tão pouco tempo, e elas deixaram/deixam sua marca tão forte, eu lembro de tudo, tudo que passei, o quão profundo isso foi, e está selado comigo. Não adianta tentar esquecer, meu natural parece que vai guardar isso para sempre.
Lembro que foi ontem que surgiu o meu primeiro amor, e era tão bonitinho, ainda acho tudo isso que passou muito especial, sabe, tudo aquilo tinha que ter acontecido e foi na hora certa. Por mais que passe o tempo, eu tenho certeza que vou continuar pensando: Não foi só uma época ingênua e boba, ela precisava acontecer algum dia, e acho que não poderia ter sido mais intensa perante a minha realidade.
Na nossa vida tudo tem seu tempo, e é tão perfeito essa naturalidade com que elas acontecem, cada coisa é tão imprevisível quanto a morte.
Eu acho que estou preparado para reviver uma nova historia, chorar, e tentar enfrentar a dura realidade de novo. É estranho, mas não só o corpo sente essa necessidade, a alma também parece implorar por amor.

2 comentários:

  1. Boa...
    Ouvi uma frase há poucos dias que diz: "A felicidade não diminui quando compartilhada". Portanto é bom saber que você teve essa experiência natural, que deixou marcas no corpo, na alma e no coração. Gostei da expressão "foi até bonitinho" e do final; "a alma parece implorar por amor", vou completar com mais uma; " é difícil enganar o coração". Que seja breve uma nova historia...

    ResponderExcluir
  2. Muito legal seu comentário Juvenal ^^

    ResponderExcluir